Última hora
This content is not available in your region

Mural da luta pela igualdade estampado em Genebra

euronews_icons_loading
Mural da luta pela igualdade estampado em Genebra
Direitos de autor  Euronews
De  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

O Fórum dos Direitos Humanos de Genebra na Suíça está de volta mas, este ano, online. Apenas um dos eventos acontece fisicamente: Três mulheres a pintarem um fresco gigante.

A ideia é dar vida nas paredes da cidade aos desafios que as mulheres vivem no dia-a-dia.

Uma das autoras é Zeinixx, que veio do Senegal para representar uma causa: o combate à desigualdade entre homens e mulheres. Zeinixx diz-se "orgulhosa por representar as mulheres" neste festival na Europa.

Zeinixx diz que "não se trata de afirmação" do problema, mas sim de uma "confirmação através da arte", explica a artista senegalesa.

A unir forças com Zeinixx estão duas artistas de Genebra. O objetivo, preencher a lacuna que existe entre Europa e África, em relação a esta luta.

Nadia Seika, artista nascida na Suíça, explica que a luta pela igualdade "ainda é uma causa diária", nos dias de hoje.

As tertúlias e exposições que caracterizam parte deste Fórum também acontecem este ano, mas de forma digital, como explica o responsável pelos debates do evento.

Boris Mabillard diz ser importante "manter o espaço público o local para reivindicações feministas", como a rua e os espaços virtuais. Sobre o fresco, pintado pelas três artistas, Mabillard fala de "uma obra que reúne diferentes universos geográficos e artísticos.".