Última hora
This content is not available in your region

Louisville pede justiça para Breonna Taylor

Access to the comments Comentários
De  Bruno Sousa
euronews_icons_loading
Louisville pede justiça para Breonna Taylor
Direitos de autor  (Timothy D. Easley/The Associated Press)
Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de pessoas participaram numa marcha pacífica na cidade de Lousville, nos Estados Unidos, para pedir justiça para Breonna Taylor no primeiro aniversário da sua morte. A norte-americana tornou-se um símbolo do movimento "Black Lives Matter" depois de ter sido morta a tiro pela polícia em sua própria casa.

O incidente remonta a 13 de março de 2020, quando três agentes de polícia à paisana irromperam pela casa de Breonna Taylor na sequência de uma investigação a um caso de tráfico de droga. Kenneth Walker, namorado de Breonna Taylor, disparou um tiro pensando tratar-se de um assalto e a polícia respondeu com 32 disparos. Nunca foi encontrada qualquer droga no apartamento.

A família recebeu uma compensação de 12 milhões de dólares da autarquia local mas os agentes responsáveis pela sua morte não foram acusados pela justiça.

Apesar do lema "sem justiça não há paz", desta vez a manifestação decorreu de forma pacífica, não se repetindo os violentos confrontos com as autoridades que se verificaram no passado.

A esperança da família centra-se na investigação ainda em curso por parte do FBI e que não estará concluída antes de maio.