Última hora
This content is not available in your region

Protesto contra governo de Rutte na véspera de eleições

euronews_icons_loading
Protesto contra governo de Rutte na véspera de eleições
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

Os Países Baixos acolhem, entre segunda e quarta-feira, as primeiras eleições legislativas num Estado-membro da União Europeia desde o início da pandemia e o escrutínio promete decorrer num clima de tensão.

Este domingo, centenas de pessoas manifestaram-se em Haia contra o primeiro-ministro Mark Rutte e as restrições impostas pelo executivo para lutar contra a propagação da Covid-19.

A polícia anti-motim recorreu a agentes a cavalo e canhões de água para dispersar os manifestantes no fim do protesto.

Os holandeses vão às urnas num escrutínio que é visto essencialmente como um veredito popular sobre a gestão da pandemia por parte do governo de Rutte.

A decisão de manter as assembleias de voto abertas durante três dias foi tomada para garantir o distanciamento social entre os eleitores e permitir que os mais vulneráveis votem primeiro.

Apesar do país ter vivido os piores motins das últimas décadas na sequência do recolher obrigatório imposto em janeiro, as sondagens conferem ao partido liberal de Rutte a vitória para um novo mandato à frente de um governo de coligação.