Última hora
This content is not available in your region

Polícia desmantela acampamento em Paris

De  Teresa Bizarro com AFP
euronews_icons_loading
Polícia desmantela acampamento em Paris
Direitos de autor  Rafael Yaghobzadeh/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas montaram acampamento na Praça da República, em Paris. Uma ocupação com o objetivo de alertar para a falta de condições de alojamento dos migrantes, refugiados e requerentes de asilo, especialmente vulneráveis durante a pandemia.

A manifestação contou com o aopoio de várias organizações não governamentais e de muitos parisienses.

"O que pedimos mais uma vez é que as pessoas sejam colocadas num lugar seguro. Todas estas pessoas têm o direito a alojamento de acordo com a lei. Pedimos que a legislação seja respeitada e que estas pessoas tenham um lugar para ficar," explica Nikolai Posner, da Utopia 56, uma organização não governamental.

Mamoutou Ouattara, costa-marfinense de 32 anos, esteve na praça com a mulher e a filha. Explica que esteve numa casa abandonada, mas que as condições não permitiam sequer que a filha pudesse ir à escola. "Preciso de alojamento estável para que ela vá à escola," desabafa.

Este foi o segundo protesto do género em Paris. Em novembro, um acampamento foi desmantelado de forma violenta pela polícia, numa operação que gerou uma onda de críticas em França. Desta vez, o processo de retirada de migrantes foi feito de forma ordeira, com o apoio até de voluntários de organizações de solidariedade. As autoridades transportaram os migrantes para alojamentos de emergência espalhados pela capital mas não deixaram de condenar a manifestação por romper com todas as regras de contenção da pandemia.