Uma pedra por cada vítima da Covid-19

Uma pedra por cada vítima da Covid-19
Direitos de autor Euronews
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Novo partido da oposição húngara promove tributo às vítimas da epidemia em ilha de Budapeste

PUBLICIDADE

Uma pedra às vezes é muito mais do que apenas uma pedra e, em Budapeste, há mais de 20 mil agora representando um tributo simbólico às vítimas da Covid-19 na Hungria.

Cada pedra tem inscrito o número oficial de cada uma das vítimas húngaras do SARS-CoV-2 e a respetiva idade com que essa pessoa morreu.

As mais de 20 mil pedras agora em exposição foram alinhadas ao longo de uma das margens da ilha Margarida, localizada no centro da capital húngara, no rio Danúbio.

Representam cada uma das mortes ligadas à Covid-19 confirmadas a 31 de março e o número de pedras alinhadas está previsto aumentar à medida que a tragédia se agrave na Hungria.

O tributo é uma iniciativa do Partido do Povo do Novo Mundo, um novo partido húngaro, de centro-direita, descrito como uma nova força de oposição ao Fidesz, o partido do primeiro-ministro Viktor Orban.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Covid-19: Europa começa a desconfinar, mas com cautela

Milhares de húngaros manifestam-se para exigir reformas na proteção das crianças

Manifestantes pedem demissão de Viktor Orbán após resignação da presidente húngara