EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

PSG faz história em Munique, Chelsea demasiado forte para o FC Porto

PSG faz história em Munique, Chelsea demasiado forte para o FC Porto
Direitos de autor Sven Hoppe/(c) Copyright 2021, dpa (www.dpa.de). Alle Rechte vorbehalten
Direitos de autor Sven Hoppe/(c) Copyright 2021, dpa (www.dpa.de). Alle Rechte vorbehalten
De  Bruno Sousa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Kylian Mbappé brilhou com dois golos na vitória dos franceses em Munique por 3-2, já o FC Porto não encontrou argumentos para evitar a vitória do Chelsea por 2-0

PUBLICIDADE

O Paris Saint-Germain deu um passo de gigante rumo às meias-finais da Liga dos Campeões ao vencer o Bayern, em Munique, pela primeira vez desde 1994. Então foi George Weah o herói dos franceses, esta quarta-feira a estrela que mais brilhou foi Kylian Mbappé. O atacante francês bisou na vitória do PSG por três bolas a duas, Neymar também esteve em grande com duas assistências.

A equipa francesa entrou a todo o gás e à meia hora de jogo já vencia por 2-0. Os bávaros reagiram, chegaram mesmo à igualdade mas sentiram em demasia a falta do lesionado Robert Lewandowski e revelaram-se demasiado perdulários.

Já Mbappé não perdoou e deu a vitória ao PSG aos 68 minutos. O atacante francês tem sido uma das figuras da presente Liga dos Campeões e depois do hat-trick no Camp Nou, bisou agora em Munique.

Em Sevilha, o Chelsea aproveitou os erros defensivos do FC Porto para vencer por dois golos sem resposta. Mason Mount abriu o ativo para os londrinos à passagem da meia hora de jogo, Ben Chilwell estabeleceu o resultado final na reta final do encontro.

A equipa portuguesa rematou mais, nunca baixou os braços mas também nunca conseguiu incomodar verdadeiramente Édouard Mendy. A diferença acabou por ser feita pela maior qualidade individual dos ingleses.

A segunda mão está marcada para a próxima terça-feira, novamente em Sevilha.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mesmo sem adeptos o fator casa foi decisivo na Liga dos Campeões

Real Madrid volta a impor-se na Liga dos Campeões

Atlético de Madrid fica em apuros nos "oitavos" da Liga dos Campeões