Última hora
This content is not available in your region

PS albanês pode perder a maioria

euronews_icons_loading
Edi Rama, atual primeiro-ministro da Albânia e líder do Partido Socialista Albanês
Edi Rama, atual primeiro-ministro da Albânia e líder do Partido Socialista Albanês   -   Direitos de autor  Hektor Pustina/AP
Tamanho do texto Aa Aa

Não são votos contados, mas Edi Rama está posicionado à frente para o terceiro mandato à frente do governo albanês. As projeções dão a vitória ao Partido Socialista com 46% dos votos, mas o resultado final só deverá ser conhecido na terça-feira e pode não garantir a maioria dos 140 lugares no parlamento. É que Partido Democrata, de Luzlim Basha, está apenas a 4 pontos percentuais de distância.

Euronews
As projeções da Euronews Albânia foram divulgadas logo após o fecho das urnasEuronews

A sondagem à boca das urnas divulgada pela Euronews Albânia foi realizada pelo MRB, do Grupo britânico Kantar. Os socialistas podem não conseguir os 71 lugares que garantem a maioria. As projeções abrem mesmo a porta a uma coligação negativa.

A abstenção ultrapassou os 52 por cento, ligeiramente abaixo das legislativas de há quatro anos. A Comissão Central de Eleições considerou que a votação decorreu de forma calma, com "segurança e integridade".

A Albânia, membro da NATO desde 2009, quer relançar as negociações para adesão à União Europeia ainda este ano. As eleições deste domingo são consideradas uma etapa fundamental para as aspitrações de Tirana.