This content is not available in your region

Descobertos restos mortais de Neandertais numa gruta perto de Roma

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Descobertos restos mortais de Neandertais numa gruta perto de Roma
Direitos de autor  Euronews

Arqueólogos descobriram os restos mortais de nove neandertais numa gruta perto de Roma. O fóssil mais antigo é de há 90 mil anos ou 100 mil. Os restantes têm 50 mil ou 68 mil anos. A descoberta aconteceu na Gruta Guattari, onde um crânio de Neandertal tinha sido descoberto em 1939.

O ministério italiano da Cultura sublinhou que a gruta "é um dos lugares mais importantes do mundo para a história dos Neandertais".

"É uma descoberta extraordinária de que se vai falar em todo o mundo porque enriquece a investigação sobre o homem de Neandertal. É fruto de um trabalho dirigido por nós em conjunto com universidades e organismos de investigação e é verdadeiramente extraordinária", realçou o ministro italiano da Cultura, Dario Franceschini.

O antropólogo Mauro Rubini considera que a descoberta lança uma nova luz sobre como a península italiana foi povoada, dado que o grande número de vestígios sugere uma população representativamente significativa de Neandertais.