Europa prepara época estival

Europa prepara época estival
Direitos de autor Yorgos Karahalis/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Europeus esperam a implementação dos Certificados Verdes Digitais para relançar o setor do turismo

PUBLICIDADE

A Europa está a levantar, progressivamente as medidas de restrição impostas para combater a Covid-19.

Muitos europeus começam já a preparar as férias e parecem não se importar por terem de fazer testes para poderem viajar.

Dentro da União Europeia, a Comissão espera que os Certificados Verdes Digitais que permitirão viagens turísticas no continente possam estar operacionais já em meados do mês de junho.

A secretária de Estado dos Assuntos Europeus da Croácia, Andreja Metelko-Zgombic afirmou que está otimista "pelo facto de os recentes desenvolvimentos serem positivos e isso é visto como um bom contributo para uma recuperação económica gradual".

No entanto, nem todos querem esperar. O Governo italiano anunciou que a partir deste fim de semana o país pode receber turistas, desde que tenham um certificado verde nacional.

No Lago Garda, onde oito em cada 10 pessoas vivem do turismo, a notícia foi bem recebida, mas alguns empresários da hotelaria e restauração continuam ansiosos.

"Estamos todos no mesmo barco. É como quando acontece um acidente numa corrida de Fórmula 1 e todos se apressam a ajudar para poderem seguir em frente. Só quero retomar o trabalho o mais depressa possível", assegura o Chef Emmanuele Santelli.

O diretor de hotel, Marco Pennisi, afirma: "Tivemos uma oportunidade única. É importante agarrar a oportunidade. Não creio que nós, nesta situação histórica, tenhamos outra oportunidade. Portanto, temos de ser muito bons a seguir em frente".

Entretanto, a Grécia luta para reanimar o seu setor turístico, que foi duramente atingido pela pandemia. O Governo anunciou um programa para acelerar a vacinação dos residentes das ilhas, antes do início da época balnear.

"Estimamos que até meados de junho a maioria dos residentes será vacinada, e isso tornará a ilha num destino turístico seguro", referiu a vice-diretora do Hospital de Nexos.

Espanha quer abrir o seu setor turístico a países de fora da União Europeia como, o Reino Unido. Com a taxa de novas infeções pelo novo coronavírus a baixar, Madrid espera que Londres levante as restrições aos viajantes e coloque Espanha na "lista verde" de países para onde os britânicos podem viajar sem ter de cumprir quarentena. Como acontece já com Portugal.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Russo que desertou em helicóptero do exército é morto a tiro em Espanha

As Falklands pertencem ao Reino Unido? Nova sondagem revela que nem toda a gente na Europa está de acordo

Julian Assange inicia última batalha legal no Reino Unido para evitar a extradição para os EUA