Última hora
This content is not available in your region

Cerimónia judaica termina com dois mortos

euronews_icons_loading
Cerimónia judaica termina com dois mortos
Direitos de autor  AP Photo/Sebastian Scheiner
Tamanho do texto Aa Aa

As festividades judaicas do Shavuot, no colonado de Givat Zeev, na Cisjordânia, terminaram em tragédia, com o colapso de uma bancada na sinagoga onde decorria a cerimónia.

Pelo menos duas pessoas perderam a vida, entre as quais um menor de 12 anos, e há também mais de uma centena de feridos, entre os quais cinco se encontram em estado grave.

Segundo as autoridades, cerca de 650 fiéis ultra-ortodoxos encontravam-se no local quando se deu a queda da bancada.

De acordo com o diário israelita Haaretz, tratava-se de intalações provisórias, já que a sinagoga ainda está em construção.

O chefe da polícia de Jerusalém indicou mesmo que "era proibido conduzir orações no edifício".

O incidente teve lugar poucas semanas depois da tragédia do Monte Meron, quando outra festividade judaica no norte de Israel terminou com a morte de 45 fiéis ultra-ortodoxos, na sequência de uma debandada durante uma peregrinação, que ainda está a ser investigada e levou Israel a decretar um luto nacional.