This content is not available in your region

Facebook na mira da Comissão Europeia

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
euronews_icons_loading
Facebook na mira da Comissão Europeia
Direitos de autor  euronews

A Comissão Europeia prepara-se para lançar uma investigação sobre alegadas práticas anticoncorrenciais por parte do Facebook, relacionadas com o serviço de compras e vendas entre particulares Marketplace, em funcionamento desde 2016.

Este serviço permite aos utilizadores da rede social comprar e vender qualquer produto sem ter de pagar custos adicionais. O Facebook é acusado de promover este serviço junto dos mais de dois mil milhões de utilizadores e assim colocar-se numa posição de vantagem face aos concorrentes.

O Facebook é o único gigante norte-americano da Internet que ainda não foi alvo de investigação por parte do gabinete da comissária para a Concorrência Margrethe Vestager, que já teve na mira a Microsoft, a Amazon, a Apple e a Google.

Não é só em Bruxelas que a rede social fundada por Mark Zuckerberg está a ter problemas. Também os reguladores britânicos estão a apertar com o Facebook, por alegadamente estar a usar dados recolhidos aos utilizadores para ganhar vantagem face aos rivais no campo da publiciidade online.