This content is not available in your region

Serra de Guadarrama ajuda a combater poluição em Madrid

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Serra de Guadarrama ajuda a combater poluição em Madrid
Direitos de autor  euronews

Madrid é a cidade europeia com maior número de mortes prematuras associadas ao dióxido de azoto. Mas, não muito longe, um gigante de pedra ajuda a capital espanhola a combater a poluição. Trata-se da Serra de Guadarrama, área protegida desde 2013.

A proteção dos parques nacionais faz parte do plano de ação europeu Poluição zero na Europa, no âmbito da estratégia da União Europeia para a biodiversidade.

Desde o início, os primeiros parques que surgiram nos Estados Unidos no século 19 foram criados não só para proteger a natureza, mas também para sensibilizar as pessoas para os valores ambientais, a poluição e o tratamento de resíduos", disse à euronews Pablo Sanjuanbenito, codiretor do Parque Nacional Sierra de Guadarrama.

Graças a uma floresta bem preservada e a 340 km² de área protegida, o Parque Nacional da Serra de Guadarrama funciona como um enorme purificador de ar. "É um vasto corredor verde que faz a ligação e traz o ar da serra para Madrid. Absorve o carbono que nós geramos", sublinhou o responsável.

euronews
Neve na Serra de Guadarrama, em Espanhaeuronews

A importância da montanha para a qualidade da água

As chuvas e a neve infiltram-se nas florestas onde não há poluição, o que permite aos habitantes Madrid ter uma das melhores águas da Europa. O desafio hoje é combinar a proteção da floresta e as atividades de lazer dos madrilenos em busca de ar puro.

"Vivemos numa cidade muito grande e precisamos muito de estar em contacto com a natureza. Mas para além do impacto positivo das montanhas ao nível da saúde mental, o maior contributo deste espaço para a sociedade não é esse, é a água. O Parque Nacional protege a água que abastece Madrid", afirmou Pablo Sanjuanbenito.

Situada a norte da capital espanhola, a Serra de Guadarrama tem cerca de oitenta quilómetros de comprimento. O pico mais alto situa-se a dois mil quatrocentos e trinta metros de altitude. É habitual haver neve nas montanhas da região de Madrid, mas, o Parque Nacional de Guadarrama não escapa às alterações climáticas. Nas últimas décadas, a temperatura local aumentou entre um a dois graus.