This content is not available in your region

Explosões em fábrica de munições sérvia

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com EVN, AP
euronews_icons_loading
Explosões em fábrica de munições sérvia
Direitos de autor  Epicentar Press

Ocorreram, esta sexta-feira, uma série de explosões que provocaram um incêndio, num depósito da maior fábrica de munições da Sérvia, no centro do país, forçando à evacuação de trabalhadores e residentes locais.

As causas do incidente estão por apurar. A polícia fechou o perímetro e bloqueou as estradas até porque continuavam a ouvir-se explosões. Um repórter da Euronews Sérvia, Dujan Haji Nikoleidj, explicava que a Sloboda, "em Cacak, é uma fábrica de aparelhos elétricos, com um setor especial de produçã de munições e projéteis para armas e canhões e foi aí que as explosões aconteceram. Durante a campanha de bombardeamentos da NATO contra a ex-Jugoslávia, em 1999, a NATO bombardeou, fortemente, esta fábrica. Por isso, as pessoas que vivem aqui estão habituadas a ouvir detonações, não só devido ao bombardeamento de 99, mas também devido a muitos incidentes que ocorreram nesta fábrica ao longo dos anos. Houve vários acidentes com muitas mortes, felizmente, no da última noite não houve baixas". O presidente da câmara explicava que tiveram sorte por este não ter ocorrido na linha de produção desta fábrica.

Os bombeiros só poderão entrar nesta unidade fabril 24 horas depois do último som de rebentamento para avaliar a situação.

Outras fontes • Dujan Haji Nikoleidj