EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

O reencontro das famílias depois do susto em Goma

Goma, República Democrática do Congo
Goma, República Democrática do Congo Direitos de autor Euronews/AFP/Guerchom Ndebo
Direitos de autor Euronews/AFP/Guerchom Ndebo
De  Nara Madeira com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Em Goma, localidade da República Democrática do Congo, regressa-se à vida, reencontra-se a família, depois do susto provocado por um vulcão.

PUBLICIDADE

Na República Democrática do Congo o vulcão do Monte Nyiragongo deixou de rugir e Goma, a cidade que vive na sua sombra, começa, lentamente a recuperar. 

Durante o período de evacuação, famílias inteiras separaram-se. Centenas de pais continuam a procurar dos seus filhos. Cerca de 400.000 residentes de um total estimado de 600.000 deixaram a capital da província de Kivu Norte, quando se temia uma catástrofe.

Paruis Ngwali, uma menina deslocada, explica que saiu de Goma com os vizinhos. "As minhas irmãs e eu fomos amarradas umas às outras para não nos perdermos. Quando chegámos estávamos separados dos nossos vizinhos. Mais tarde, alguém reparou em nós e perguntou onde estava a nossa mãe. Eu respondi que ela tinha ficado em Goma. Ele foi buscar-nos e levou-nos a uma família de acolhimento".

E há já várias histórias com final feliz. Como a de uma mãe que perdera o rasto às suas três filhas, durante a fuga, e que acabou por reencontrá-las num veículo do Comité Internacional da Cruz Vermelha.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Bomba explode em restaurante congolês

Angola, RDC e ACNUR buscam solução para refugiados

RDC: Explosão em Goma mata uma criança e fere dezenas de capacetes azuis