Última hora
This content is not available in your region

Vacinação obrigatória em Moscovo no setor dos serviços

De  euronews
euronews_icons_loading
Vacinação obrigatória em Moscovo no setor dos serviços
Direitos de autor  Alexander Zemlianichenko/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

A Covid-19 está a atingir fortemente a Rússia e Moscovo torna a vacinação obrigatória no setor dos serviços. Através do website, a Presidência da Câmara da capital russa explica que a situação está a piorar; que existem mais de 12 mil pessoas a sofrer da doença nos hospitais e que a taxa de infeção é tão elevada como no ano passado e que é preciso evitar milhares de mortes através do processo de vacinação em massa. De acordo com uma sondagem de abril, 60% dos russos não pretendem ser vacinados.

Ultimamente, temos vindo a assistir ao aumento do número de casos diagnosticados de COVID-19 que é de, aproximadamente, 80%. O número de casos graves em Moscovo aumentou em 70%. Consequentemente, estamos a abrir novos hospitais dedicados à COVID-19.
Sergey Sobyanin
Presidente da Câmara de Moscovo

A Rússia está entre os países mais afetados pela pandemia. De acordo com a agência estatística Rosstat, mais de 270 mil pessoas terão morrido até ao final de abril, mais do dobro do número oficial de mortos. Para preservar a economia, o país já não está em confinamento, mas as praças de alimentação estão agora encerradas nos centros comerciais de Moscovo.