Última hora
This content is not available in your region

Ataque à bomba mata dezenas de pessoas em Bagdade

De  Francisco Marques
euronews_icons_loading
Ataque à bomba no principal bairro xiita de Bagdade
Ataque à bomba no principal bairro xiita de Bagdade   -   Direitos de autor  AP Photo/Khalid Mohammed
Tamanho do texto Aa Aa

Um alegado bombista suicida fez pelo menos 35 mortos e feriu seis dezenas de pessoas, esta segunda-feira, em Sadr City, o principal bairro xiita de Bagdade, no Iraque.

O ataque aconteceu em plena véspera do Eid, o chamado Festival do Sacrifício, uma celebração muçulmana que antecede o Haje, a peregrinação a Meca.

O presidente do Iraque descreveu este ataque como "um crime terrível, cruel e sem paralelo, contra civis na véspera do Eid".

"Não descansaremos enquanto não erradicarmos o terrorismo covarde", manifestou Barham Salih, numa mensagem partilhada pelas redes sociais.

Este ataque, ainda não reivindicado, sucede a um outro ocorrido em abril, reclamado pelo autoproclamado Estado Islâmico, que matou 4 pessoas e feriu 20.

O mesmo grupo também reivindicou um outro atentado cometido em janeiro na praça Tayaran, no centro de Bagdade, no qual morreram mais de 30 pessoas.