EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Ondas de vitória nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Ondas de vitória nos Jogos Olímpicos de Tóquio
Direitos de autor David Goldman/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor David Goldman/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Surfista Italo Ferreira vence primeira medalha de ouro para o Brasil.

PUBLICIDADE

A tenista Naomi Osaka acendeu a chama olímpica em Tóquio, mas não venceu em casa. Considerada uma das grandes estrelas destes Jogos Olímpicos, a eliminação da japonesa foi recebida com surpresa e alguma desilusão - mas foi a checa Marketa Vondrousova que venceu a partida.

Vem dum pequeno país, mas com uma vontade suficientemente grande para vencer uma medalha olímpica. Flora Duffy, 33 anos, conquistou o ouro no triatlo, nos seus quartos Jogos Olimpíadas

Na primeira final de surf nestas Olímpiadas, a primeira medalha de ouro foi para o Brasil. O brasileiro Italo Ferreira, atual campeão mundial de surf - é agora também campeão olímpico - bateu o japonês Kanoa Igarashi.

Nos 200 metros , Tom Dean venceu o compatriota Duncan Scott por apenas 4 centésimos. Dois nadadores britânicos no mesmo pódio olímpico, algo que não acontecia desde 1908.

Nos 100 metros costas, o russo Evgeny Rylov destronou o norte-americano Ryan Murphy. Rylov também estabeleceu um novo recorde russo e europeu.

Na natação feminina houve também houve uma mudança de liderança nos 100 m bruços. A jovem norte-americana Lydia Jacoby, de 17 anos, bateu Lilly King. É a primeira atleta com origens no Alasca a vencer uma medalha de ouro na natação olímpica.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Queniano Eliud Kipchoge domina maratona masculina

Brasil domina o futebol; França brilha no andebol e voleibol

Damien Warner vence decatlo com novo recorde