Última hora
This content is not available in your region

Ministro israelita da defesa visita Paris

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Ministro israelita da defesa visita Paris
Direitos de autor  LUDOVIC MARIN/AFP or licensors
Tamanho do texto Aa Aa

O ministro israelita da defesa, Benny Gantz, visita esta quarta-feira a capital francesa para um encontro com a ministra francesa da defesa, Florence Parly.

No centro das discussões está a empresa de cibersegurança israelita NSO cuja aplicação Pegasus teria sido utilizada para espionagem.

O presidente francês Emmanuel Macron, entre outros, teria sido alvo de escutas telefónicas.

Devido à capacidade de infiltração de sistemas informáticos, a aplicação Pegasus é considerada como um produto informático ofensivo. Como tal, a sua venda depende de autorização da agência de controlo das exportações militares que, por sua vez, depende do ministério israelita da defesa.

Os números do Presidente Macron e dos governantes franceses e europeus integram uma lista de mais de 50 mil números obtidos e analisados pelo consórcio "Forbiden Stories" e pela Amnistia Internacional, que terão sido espiados em todo o mundo através da "Pegasus".

Marrocos terá igualmente recorrido à aplicação israelita para espiar pelo menos 10 mil números de telefone.