Última hora
This content is not available in your region

Fernando Pimenta garante terceira medalha para Portugal em Tóquio

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Canoísta português conquistou a medalha de bronze em K1 1000m
Canoísta português conquistou a medalha de bronze em K1 1000m   -   Direitos de autor  P Photo/Darron Cummings
Tamanho do texto Aa Aa

Fernando Pimenta conquistou a medalha de bronze na final de K1 1000m, nos Jogos Olímpicos Tóquio2020.

É a terceira medalha para Portugal, que assim ultrapassa as expetativas de duas medalhas expressas no contrato do programa olímpico para esta edição dos Jogos.

O canoísta português fez uma excelente prova, numa final muito rápida.

Depois de já ter batido o recorde olímpico nas meias finais (3:22,942 minutos), Pimenta lutou pelas medalhas, passou boa parte da corrida na segunda posição, atrás de Balint Kopasz e sobre a linha da meta foi ainda ultrapassado pelo também magiar Adam Varga.

A medalha de bronze fica bem entregue a Pimenta, numa final onde voltou a ser batido o recorde olímpico, agora fixado nos 3:20,643 minutos.

O primeiro-ministro António Costa já felicitou a conquista de Fernando Pimenta.

Ainda na canoagem, mas no quadro feminino, Teresa Portela falhou a final de k1 200 metros, mas venceu a final B e acaba na 10.ª posição da categoria

Esta quarta-feira, Teresa Portela volta à água nas qualificações de K1 500 metros, numa prova onde terá a companhia da compatriota Joana Vasconcelos.

O adeus olímpico de Évora

No triplo salto, o dia começou agridoce para Portugal. Pedro Pichardo garantiu sem dificuldade a presença na final desta quarta-feira, mas Tiago Pereira e Nelson Évora ficam-se pelas qualificações.

AP Photo/Morry Gash
Pedro Pichardo é um forte candidato às medalhas no triplo saltoAP Photo/Morry Gash

O campeão olímpico de 2008 revelou dificuldade para competir e não chegou sequer aos 16 metros, conseguindo apenas 15,39 metros ao segundo ensaio entre dois nulos.

Tiago Pereira saltou 16,17 metros, mas ficou aquém do mínimo de 17,05 metros para chegar à final.

Já o saltador do Benfica foi o melhor da fase de qualificação, saltou 17,71 metros e é um dos favoritos nos triplos saltos pelas medalhas marcados para esta quinta-feira.