Última hora
This content is not available in your region

Valentino Rossi anuncia retirada

Access to the comments Comentários
De  Euronews com Lusa
euronews_icons_loading
Valentino Rossi anuncia retirada
Direitos de autor  Gerhard Schiel/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Valentino Rossi anunciou esta quinta-feira que vai deixar a competição. O anúncio foi feito numa conferência de imprensa, na Áustria, palco do Grande Prémio da Estíria, que se realiza no próximo fim-de-semana.

“É difícil, é um momento muito triste, porque é duro ter de o anunciar e sei que no próximo ano não vou correr em motociclismo, algo que fiz nos últimos 30 anos”, disse o piloto de Urbino, em Itália.

Rossi sabe que a sua vida “será diferente”, mas afirma que a carreira no Mundial “foi incrível”.

“Diverti-me muito, foi uma longa, longa jornada, mas diverti-me imenso”, frisou o italiano, que leva 115 vitórias e 235 pódios.

Rossi estreou-se em 1996, na classe de 125cc, na qual conquistou o seu primeiro título mundial um ano depois. Em 1998, subiu a 250cc, que venceu no ano seguinte.

Em 2000, subiu à categoria rainha, na altura para motas de 500cc, tendo conquistado o campeonato em 2001, último ano em que estas motas correram, antes de serem substituídas pelas atuais MotoGP, em 2002, com Rossi a ser campeão nesses dois anos, assim como em 2003 e em 2004, em que deu o primeiro título à Yamaha, e 2005.

Depois de perder em 2006 e 2007, recuperou o título em 2008 e voltou a vencer em 2009, no que foi o seu último título conquistado.

Atualmente, Rossi compete pela Yamaha Petronas, uma equipa satélite da Yamaha, ocupando o 19.º lugar do campeonato, com 17 pontos.