Última hora
This content is not available in your region

Martinica entra em "segunda fase de confinamento" para travar explosão de casos de covid-19

Access to the comments Comentários
De  Bruno Sousa
euronews_icons_loading
Martinica entra em "segunda fase de confinamento" para travar explosão de casos de covid-19
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

A explosão no número de casos na Martinica levou as autoridades locais a reforçar significativamente as medidas de restrição para combater a covid-19. O território ultramarino francês, que se encontra em confinamento desde 30 de julho, irá entrar no que classificou de "segunda fase de confinamento", encerrando todas as praias e convidando todos os turistas a abandonar o território.

As unidades hoteleiras e de alojamento local fecharão portas e passarão a estar ao serviço apenas dos profissionais de saúde. No que diz respeito ao comércio, apenas permanecerão abertos os setores da alimentação e as farmácias.

Quanto aos habitantes locais, não poderão afastar-se mais de um quilómetro da sua residência, contra os dez quilómetros em vigor. As autoridades admitem que as medidas são duras, mas prometem rever a situação dentro de duas semanas.

A Martinica apresenta atualmente uma taxa de incidência de perto de 1200 casos por cem mil habitantes e a ocupação hospitalar é superior a 200%. Um dos grandes desafios desta província francesa prende-se com a vacinação, com a primeira dose da vacina a ter chegado a menos de 22% da população.