Talibãs dão conferência de impresa com garantias à comunidade internacional

Talibãs dão conferência de impresa com garantias à comunidade internacional
Direitos de autor Rahmat Gul/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
De  Euronews com AP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Grupo reitera que direitos e liberdades serão respeitados, desde que dentro da lei islâmica.

PUBLICIDADE

Em claro contraste com o caos dos últimos dias dentro do país a mensagem dos talibãs para fora é de serenidade. Um dia depois de assumir oficialmente o controlo do Afeganistão, o movimento deu, esta terça-feira a primeira conferência de imprensa

Os talibãs reclamam o direito à liberdade, querem reconhecimento internacional e para isso estão empenhados em convencer o mundo de que mudaram. No século XXi - garantem - as leis do Islão não vão ser impostas da forma brutal como foram no passado.

"Conquistar a liberdade é o direito de todas as nações. O povo afegão, ao usar o direito legal, após 20 anos de luta contra os infiéis, conseguiu conquistar a liberdade e limpar o país da ocupação e dos ocupantes", afirmou o porta-voz do grupo, Zabiullah Mujahid.

No palácio presidencial, Zabiullah Mujahid respondeu a preocupações concretas da comunidade internacional.

O grupo quer que os meios de comunicação privados "permaneçam independentes", mas aos jornalistas, foi deixada uma recomendação: "não devem trabalhar contra os valores nacionais".

Em relação a quem colaborou com o anterior governo ou forças estrangeiras, os talibãs garantem que não procuram vingança.

O grupo assegura ainda que os direitos das mulheres vão ser honrados, desde que dentro das normas da lei islâmica.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Talibãs entram no Palácio Presidencial de Cabul

Afeganistão: Mulheres temem o regresso dos talibãs

Começaram os funerais das vítimas do sismo no Afeganistão