Última hora
This content is not available in your region

Sete civis afegãos mortos próximo ao aeroporto de Cabul

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Sete civis afegãos mortos próximo ao aeroporto de Cabul
Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

O caos continua a reinar este domingo no exterior do aeroporto de Cabul no Afeganistão onde imagens captadas no sábado dão conta de pelo sete mortos por esmagamento entre a população civil afegã.

À medida que a situação se agrava próximo do aeroporto de Cabul, o ministro britânico da defesa, Ben wallace, apelou à prorrogação do prazo para a retirada das tropas norte-americanas do Afeganistão.

O vale de Panjshir permanece a única região fora do controlo dos radicais islâmicos que há uma semana assumiram o controlo da capital após a fuga do antigo presidente afegão.

Em Cabul, assim como em outras cidades, prosseguem os esforços no sentido de normalizar as relações entre a nova ldierança e o resto da população.

As novas autoridades prometeram restaurar a lei e ordem no país.

Imagens captadas este domingo na capital mostram combatentes islâmicos a efetuarem buscas em veículos no que descrevem como esforços para garantir a segurança.

"Os antigos funcionários do governo foram todos amnistiados. Eles não vão enfrentar quaisquer problemas dos nossos elementos e devem prosseguir as suas vidas. Estamos a fazer os possíveis para garantir a sua segurança e das suas casas", adianta Hejran, um elemento das forças radicais islâmicas.

Foi há uma semana que os radicais islâmicos entraram na capital, Cabul, após o colapso do governo afegão e a fuga do presidente Ashraf Ghani.