EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Assassino de Robert F. Kennedy pode sair em liberdade condicional

Assassino de Robert F. Kennedy pode sair em liberdade condicional
Direitos de autor AP/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor AP/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Conselho de Liberdade Condicional da Califórnia votou a favor da libertação condicional do assassino de Robert F. Kennedy, depois de dois dos filhos da vítima se terem manifestado favoráveis. Mas outros seis filhos de Kennedy ficaram chocados com a votação.

PUBLICIDADE

O Conselho de Liberdade Condicional da Califórnia votou a favor da libertação condicional do assassino de Robert F. Kennedy, depois de dois dos filhos da vítima se terem manifestado favoráveis. Mas outros seis filhos de Kennedy ficaram chocados com a votação e pediram ao governador Gavin Newsom para reverter a decisão do conselho de liberdade condicional e manter Sirhan Sirhan atrás das grades.

Robert F. Kennedy lutava pela indicação presidencial democrata quando foi baleado no Ambassador Hotel em Los Angeles, depois de fazer um discurso pela sua vitória nas eleições primárias democratas da Califórnia.

Condenado a prisão perpétua por ter assassinado o irmão do ex-presidente dos Estados Unidos, John F. Kennedy, Sirhan já tinha tentado a liberdade condicional por 15 vezes.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Biden chama nações "xenófobas" à Índia e Japão

EUA: estudantes universitários são presos por protestos pró-palestinos

Mike Pence: "A maioria dos norte-americanos acredita no nosso papel de líderes do mundo livre"