Última hora
This content is not available in your region

Áustria e Sérvia contra acolhimento de migrantes afegãos

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Áustria e Sérvia contra acolhimento de migrantes afegãos
Direitos de autor  RTS / Eurovision
Tamanho do texto Aa Aa

O chanceler austríaco Sebastian Kurz está de visita a Belgrado e, juntamente com o presidente da Sérvia, o jovem líder conservador reforçou a posição contra o acolhimento de migrantes afegãos que fogem ao regime Talibã, em território europeu.

Neste momento, se houver alguma vaga de migrantes, eles estão dentro do Afeganistão, mas se houver alguma vaga em direção a outros países, devem ser acolhidos nos países vizinhos e não devem dirijir-se para a Europa.
Sebastian Kurz
Chanceler austríaco

Declarações subscritas pelo chefe de estado da Sérvia Aleksandar Vucic, cujo país ainda se ressente da crise migratória de 2015.

Aqueles que estão a deixar o Afeganistã o têm um objetivo claro - isto é, a Europa Ocidental e os Estados Unidos. Muitos não querem ficar nos Balcãs Ocidentais. (...) Vamos mostrar a nossa solidariedade para com todos, mas nós não seremos um parque de estacionamento para migrantes.
Aleksandar Vucic
Presidente da Sérvia

A Europa ainda guarda na memória a crise migratória de 2015, numa altura em que dezenas de milhares de pessoas percorreram a denominada rota dos Balcãs. Um cenário que temem que se posso repetir nos próximos meses.