Última hora
This content is not available in your region

Lisboa na rota da ecologia marinha

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira com LUSA
euronews_icons_loading
Statsraad Lehmkuhl
Statsraad Lehmkuhl   -   Direitos de autor  MARCIN BIELECKI/EPA
Tamanho do texto Aa Aa

É um dos maiores e mais antigos veleiros ainda em atividade: o Statsraad Lehmkuhl, vindo da Noruega, esteve este fim-de-semana em Lisboa, como uma das primeiras escalas da viagem de circum-navegação que o leva a 36 portos e só termina em 2023, na Noruega, onde começou.

A tripulação é protagonista da One Ocean Expedition, uma expedição para estudar os oceanos e sensibilizar a população para as consequências do aquecimento global nos mares e nos ecossistemas marinhos.

Solveig Maria, responsável pela organização da One Ocean Expedition, explica o propósito: "O oceano cobre 70% da terra e sabemos muito pouco sobre ele. Queremos contribuir para esse conhecimento e conseguir a atenção das pessoas, fazer com que elas saibam como os oceanos são importantes para o nosso futuro".

Uma ideia reforçada pelo comandante, Jens Joachim Hiorth: "O navio tem 107 anos e esperamos que possa navegar por mais 100 anos. O que nos preocupa mais não é tanto saber se vai navegar mais 100 anos, mas o estado do nosso planeta. Esta viagem destina-se a captar atenção para os desafios que enfrentamos, relacionados com as mudanças climáticas".

A tripulação vai ter encontros de alto nível em vários pontos do percurso, sobre o tema da preservação dos oceanos. Ao longo da viagem, o veleiro leva um grupo de estudantes da Universidade de Bergen e há ainda estudantes de todo o globo que vão aprender sobre a preservação dos oceanos ao fazer troços desta viagem, mediante o pagamento de um bilhete que ajuda a financiar a expedição.