Última hora
This content is not available in your region

Cresce a fúria do Cumbre Vieja

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Cresce a fúria do Cumbre Vieja
Direitos de autor  Daniel Roca/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Cresceu a fúria do Cumbre Vieja, piorando significativamente a situação já dramática que se vive na ilha espanhola de La Palma. O desmoronamento de um novo cone do vulcão, na madrugada de sábado, deu origem a novos rios de lava, que de acordo com o Instituto Vulcanológico das Canárias, estão a provocar uma "tremenda destruição" e a dificultar o trabalho dos cientistas que se encontram no terreno.

Perante o poder destrutivo da natureza, resta assistir impotente ao desaparecimento de toda uma vida. Este sábado, a lava arrasou a zona industrial de La Laguna e desde o início da erupção, a 19 de setembro, já foram destruídos cerca de 800 edifícios, obrigando à retirada de mais de seis mil pessoas. A atividade sísmica na ilha continua intensa e de acordo com os cientistas, a atividade vulcânica irá manter-se durante bastante tempo.

Ainda assim, nem tudo são más notícias. A evolução verificada na nuvem de cinzas já permitiu a reabertura dos aeroportos locais.