Última hora
This content is not available in your region

Nova ordem de evacuação em La Palma

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Coluna de fumo que se ergue do Cumbre Vieja
Coluna de fumo que se ergue do Cumbre Vieja   -   Direitos de autor  AP/AP
Tamanho do texto Aa Aa

Não há fim à vista para a erupção que continua a consumir a ilha de La Palma, nas Canárias. Ao fim de 23 dias, surgem novas correntes de lava do Cumbre Vieja. Cerca de 800 habitantes receberam ordem para abandonar as suas casas.

Antes tinham sido mais de 3 mil a serem aconselhados a ficar em casa pelo risco de emissão de gases tóxicos, uma vez que a lava apoderou-se de um complexo industrial. Mas esse perigo já foi descartado. Uma outra corrente encontra-se a escassas centenas de metros do oceano, o que poderá vir a gerar uma ameaça idêntica.

Quase 600 hectares e cerca de 700 construções foram já arrasadas. Isaac tem 70 anos e vive na iminência de perder a casa. "A lava está a cerca de 100 metros da casa. Temos de ir buscar forças mesmo quando não as temos. Isto é demasiado duro. Há famílias que estão muito, muito pior do que nós", dizia.

As autoridades multiplicam as medições de dióxido de enxofre que, até agora, não ultrapassaram os limites estabelecidos. Os vulcanólogos confirmam a existência de várias bolsas de magma diferentes na origem da erupção.