Última hora
This content is not available in your region

Excesso de porcos no Reino Unido

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Excesso de porcos no Reino Unido
Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

A saída do Reino Unido da União Europeia está a causar alguns transtornos no país, em especial por falta de mão-de-obra. A escassez de talhantes, por exemplo, está a desesperar os criadores de suínos que não têm como escoá-los, como é o caso de Sophie Hope.

"Tem sido uma luta, não vou mentir. É a causa de algumas noites sem dormir e dias cheios de ansiedade. Há tantos porcos na quinta e não há outro sítio para os colocar"...

Excesso nas quintas e escassez nos supermercados. A carne de porco poderá começar a faltar nos pratos dos britânicos.

Os criadores pedem ao Governo de Boris Johnson que tome medidas.

"O maior problema está aqui mesmo neste momento. Na verdade, tem vindo a formar-se há vários meses e estamos agora numa fase crítica. Temos de levar os talhantes para as fábricas de processamento, para conseguirmos ultrapassar este excesso de porcos", refere Hope.

Sophie Hope gostaria que fossem concedidos vistos de emergência para europeus - com as competências necessárias para resolver o problema.

Esta crise afetou, também, outro dos negócios desta criadora: a produção de aves de capoeira.

As suas galinhas - põem ovos fertilizados - para os criadores que criam galinhas para consumo, mas a cadeia de abastecimento está parada. Isso significa que milhares de ovos foram para o lixo.

_"_Emprego 20 pessoas aqui. Elas trabalham realmente muito, dia após dia. De manhã cedo, trabalham arduamente para fazer estas aves felizes para que produzam muitos ovos - e recolhem-nos todos. Acabar por ver estes ovos atirados para o caixote do lixo é tão desmoralizante para todos nós", confessa a criadora.

O jornalista da euronews Luke Hanrahan relata que "parte da razão pela qual estes setores foram os mais afetados pela escassez de trabalhadores migrantes da União Europeia deve-se ao facto destes animais crescerem mais rapidamente". "Os criadores de bovinos e de cordeiros vão começar, também, a lutar devido à escassez de talhantes migrantes da União Europeia", acrescentou.

O Governo britânico anunciou que está a trabalhar em estreita colaboração com os vários setores para encontrar uma solução para a crise de escassez de mão-de-obra no país.