This content is not available in your region

Covid-19: Reino Unido regista 45 mil novas infeções em 24 horas

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Covid-19: Reino Unido regista 45 mil novas infeções em 24 horas
Direitos de autor  Alexander Zemlianichenko/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved

O número de casos de covid-19 tem aumentado nos últimos dias em vários países da Europa, como é o caso do Reino Unido, Russa e Roménia.

No Reino Unido houve o maior aumento de novos casos de covid-19 em três meses. Em 24 horas, foram registadas 45.000 infeções e morreram 57 pessoas positivas com o vírus.

Perante estes números, o Gabinete Nacional de Estatística estimou que uma em cada 60 pessoas teve covid-19 na semana passada.

Numa tentativa de diminuir os casos, o governo quer vacinar crianças dos 12 aos 15 anos, a faixa etária que regista a maior percentagem de novos casos de coivd-19.

Na Rússia, os números também estão a subir, no último dia morreram 997 pessoas e foram registados 34 mil novos casos de covid-19.

O "Moscow Times" relata que a pressão nos hospitais é tanta que médicos reformados estão a ser chamados para se vacinarem e voltarem ao trabalho.

Em Bucareste, na Roménia, a taxa de infecção de Covid-19 é de 16 casos positivos por cada 1.000 habitantes. A polícia faz fiscalizações por causa da obrigatoriedade do Certificado Digital em vários locais com muita gente, como mercados ou hipermercados.

Em Itália, o fim de semana ficou marcado por protestos contra a nova medida do governo: É obrigatório apresentar Certificado Digital covid-19 nos locais de trabalho. Centenas saíram às ruas em várias cidades. Em Génova, a entrada do porto de mar foi bloqueada, o mesmo aconteceu em Trieste, a cidade italiana que faz fronteira com a Eslovénia, onde estivadores estão em protesto desde sexta-feira.