EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Trabalhadores do sexo saem para a rua em Veneza

Guarda-chuvas vermelhos em Veneza
Guarda-chuvas vermelhos em Veneza Direitos de autor Screenshot from AP video
Direitos de autor Screenshot from AP video
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Desfile de guarda-chuvas vermelhos assinala duas décadas de luta pelos direitos de quem trabalha na indústria do sexo

PUBLICIDADE

Vinte anos depois, os guarda-chuvas vermelhos voltaram a desfilar nas ruas de Veneza em defesa dos direitos de quem trabalha na indústria do sexo. A manifestação celebrou o vigésimo aniversário da primeira ação de protesto organizada pelo Comité para os Direitos Civis das Prostitutas, durante a bienal de Veneza de 2001, um momento chave na história do movimento.

A iniciativa marcou o início de uma semana de exposições e conferências sobre os direitos e as condições laborais de quem trabalha na indústria do sexo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Portugal celebra 1.º de maio sem restrições

A ofensiva de Itália contra as famílias não tradicionais

Prostitutas passam a ter contrato de trabalho na Bélgica