Incêndio começou quando estavam 20 graus negativos

Incêndio começou quando estavam 20 graus negativos
Direitos de autor Кадр из видео RU-RTR / EVN
De  Francisco Marques
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Tundra siberiana está a arder. Trabalho dos bombeiros prejudicado pelas baixas temperaturas e a falta da habitual neve nesta região da Rússia

PUBLICIDADE

A tundra siberiana está a ser consumida por um incêndio fora da época, na região russa de Magadan, onde ainda não caiu a habitual neve desta altura do ano.

As chamas estão a ser propagadas por fortes ventos e já terão queimado mais de 360 hectares.

O jornal "Siberian Times" diz que o fogo começou quando os termómetros marcavam 20 graus Celsius negativos e acrescenta que os bombeiros estão a ter dificuldades em encontrar água devido aos lagos e rios já congelados na região.

Há suspeitas de fogo posto na origem deste incêndio.

A Rússia está a sofrer o pior ano em termos de incêndios florestais, tendo chamas constantes a arder desde abril na região mais fria da Federação, Iacútia.

Outras fontes • Siberian Times

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Fogo, gelo e fuligem: que impacto têm no nosso clima? Saiba em 2 minutos

Grande incêndio na Áustria

Incêndio na "Ponte de Ferro" de Roma