This content is not available in your region

Kamala Harris nas homenagens às vítimas dos atentados de Paris

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
euronews_icons_loading
Kamala Harris nas homenagens às vítimas dos atentados de Paris
Direitos de autor  THOMAS SAMSON/AFP or licensors

Numa altura em que decorrem os julgamentos dos cúmplices e do único sobrevivente dos perpetradores dos atentados terroristas que abalaram Paris há precisamente seis anos, as autoridades francesas e a segunda maior figura da administração norte-americana prestaram homenagem às 130 vítimas mortais da série de atentados em vários pontos da capital francesa no dia 13 de novembro de 2015. Esta foi a série de atentados mais mortífera dos últimos anos na Europa e deixou feridas profundas, que perduram até hoje.

A presidente da câmara de Paris Anne Hidalgo, candidata do Partido Socialista à presidência francesa, e o primeiro-ministro Jean Castex depositaram coroas de flores junto à sala de espetáculos Bataclan, onde aconteceu o maior massacre dessa noite, feito por islamitas ligados ao Daesh, e também junto ao Stade de France, onde se deu a primeira explosão, que matou a primeira vítima dessa noite trágica - um português, Manuel Dias.

Acompanhada pelo marido Doug Emhoff, a vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, colocou flores junto a dois restaurantes igualmente palco de massacres nessa noite, onde morreu a única vítima norte-americana, a estudante Nohemi Gonzalez.