This content is not available in your region

Ataque armado na Cidade Velha de Jerusalém

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira  com AFP, AP
euronews_icons_loading
Ataque armado na Cidade Velha de Jerusalém
Direitos de autor  Mahmoud Illean/AP photo

O Primeiro-Ministro israelita anunciou um reforço do policiamento na Cidade Velha de Jerusalém, na sequência de um ataque ocorrido esta manhã e perpetrado por um palestiniano. Foi o segundo incidente do género em menos de uma semana, no centro da cidade, Naftali Benet teme que outros se sigam. 

O chefe da polícia israelita valorizava a prontidão da resposta. Kobi Shabtai explicava, em conferência de imprensa, que "a resposta (...) foi rápida". A polícia chegou, frisava, "em 32 segundos", os agentes vinham "de várias direções e mataram o terrorista. Infelizmente, há um morto, um ferido grave e dois polícias com pequenos ferimentos", lamentava.

As autoridades israelitas dizem que o autor dos disparos com uma metralhadora é Fadi Abu Shekheidem, palestiniano de 42 anos que vivia no campo de refugiados de Shuafat e identificado como membro do movimento islâmico Hamas.