Arménia e Azerbaijão aceitam delimitar fronteira perante Putin

Putin reunido com Nikol Pashinyan e Ilham Aliyev
Putin reunido com Nikol Pashinyan e Ilham Aliyev Direitos de autor AP/AP
Direitos de autor AP/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Presidente russo moderou encontro em Sochi sobre a região do Nagorno-Karabakh.

PUBLICIDADE

Vladimir Putin reuniu-se com o primeiro-ministro da Arménia, Nikol Pashinyan. Vladimir Putin viu depois o presidente do Azerbaijão, Ilham Aliyev. E, finalmente, Vladimir Putin surgiu num encontro tripartido com os líderes políticos dos dois países que disputam historicamente o território de Nagorno-Karabakh.

As conversações, que tiveram lugar em Sochi, no Mar Negro, foram "construtivas", nas palavras do presidente russo, que declarou haver entendimento para, até ao final do ano, "serem criados mecanismos para a demarcação e delimitação da fronteira entre os dois Estados".

Há um ano, Moscovo mediou um acordo de cessar-fogo no Nagorno-Karabakh após seis semanas de confrontos que fizeram mais de 6 mil mortos. Baku devolveu a Erevan cerca de uma centena de presos. 

Mas a oposição arménia considera que se trata de uma derrota imperdoável para o país, uma vez que o Azerbaijão passará a controlar uma vasta porção do território.

Pashinyan e Aliyev têm agora encontro marcado em Bruxelas no dia 15 de dezembro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Arménia e Azerbeijão discutem a paz no Nagorno-Karabah

Ataques russos na Ucrânia fazem pelo menos oito mortos

Detidos na Polónia dois suspeitos de ataque a aliado de Navalny na Lituânia