This content is not available in your region

Ómicron pode ser dominante em breve no Reino Unido

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Campanha de vacinação em Carcavelos, Portugal
Campanha de vacinação em Carcavelos, Portugal   -   Direitos de autor  PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP or licensors

A Ómicron está a espalhar-se rapidamente pelo Reino Unido e será provavelmente a variante dominante da Covid-19 no território já a meio de dezembro, segundo as autoridades sanitárias britânicas.

O governo considera que o país se encontra "numa situação preocupante", com mais de 58.000 novas contaminações registadas esta sexta-feira, números inéditos desde janeiro.

Portugal conta, até ao momento, com cerca de cinco dezenas de casos confirmados da variante Ómicron e, na primeira linha do debate, está agora a vacinação das crianças, depois das autoridades sanitárias terem dado "luz verde" à extensão da campanha de imunização à faixa etária entre os 5 e 11 anos.

Na Alemanha, o parlamento adotou esta sexta-feira uma lei que obriga os profissionais de saúde a vacinarem-se contra a Covid-19, um primeiro passo na direção da obrigatoriedade vacinal para toda a população, que o executivo germânico poderá avançar já no início do próximo ano.

Vários estabelecimentos médicos e lares de idosos registaram, nas últimas semanas, surtos importantes de coronavírus, em vários casos com a cadeia de contaminação iniciada por funcionários não vacinados.