EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Maremoto Ómicron prestes a abater-se sobre Inglaterra

Maremoto Ómicron prestes a abater-se sobre Inglaterra
Direitos de autor AFP
Direitos de autor AFP
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Perante os números alarmantes no Reino Unido, o primeiro-ministro britânico anunciou a aceleração da vacinação de reforço em Inglaterra. Nas restantes nações do país, esta é uma responsabilidade dos executivos regionais.

PUBLICIDADE

A variante Ómicron está a invadir Inglaterra. Para enfrentar a ameaça, o primeiro-ministro britânico, Boris Jonhson, apelou aos seus concidadãos para tomarem uma dose de reforço da vacina contra a covid-19:

"Há um maremoto Ómicron a rebentar nas nossas costas. Receio ser bastante claro que duas doses da vacina são insuficientes para nos dar o nível de proteção que precisamos. As boas notícias são: os cientistas estão confiantes que uma terceira dose, uma dose de reforço, pode dar-nos a proteção desejada.

Por isso, vamos fazê-lo. Vamos tomar o reforço. Vamos vacinar-nos por nós, pelos nossos amigos, pela família, para proteger os nossos empregos e as nossas vidas, por todo o país. Vamos vacinar-nos para proteger o SNS, a nossa liberdade e o nosso estilo de vida."

O governo vai acelerar a campanha de vacinação de forma a poder propor um reforço a toda a população adulta até ao final de dezembro. A gestão da pandemia a nível interno é no entanto uma responsabilidade dos executivos regionais nas restantes nações do Reino Unido.

Horas antes. Downing Street tinha subido o nível de alerta sanitário para 4, num máximo de 5 níveis.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Certificado Covid vence rebelião britânica e volta a ser exigido para grandes eventos e discotecas

Governos europeus preocupados com propagação da Ómicron

Jovem de 13 anos morre após ataque com espada em Londres