This content is not available in your region

Alemães compram fogos-de-artifício na Dinamarca

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Proibição de  venda de fogo de artifício leva alemães à Dinamarca
Proibição de venda de fogo de artifício leva alemães à Dinamarca   -   Direitos de autor  Screenshot from AP video

Ainda não é este ano que os alemães voltam a celebrar com grandes espetáculos de fogo-de-artifício a chega do novo ano.

Com a vaga crescente de infeções pela variante Ómicron, a venda de fogo-de-artifício está proibida na Alemanha.

Uma benesse para as lojas dinamarquesas do outro lado da fronteira, como aqui em Sønderborg, aonde acorrem muitos alemães.

Uma cliente alemã afirma: "Lá, não estamos autorizados a comprar tudo isto, mas estamos autorizados a usá-lo. Aqui, é permitido comprá-lo e depois lançamo-lo em casa. É por isso que estamos aqui"

Um outro cliente vindo também da Alemanha conta: "Encomendei para a minha família alguns foguetes, alguns vulcões, algo por volta de 3000 ou 4000 coroas dinamarquesas - 400 a 500 euros".

Os vendedores de fogo-de-artifício no sul da Jutlândia apreciam os clientes alemães que, por estes dias são mais de 65% da clientela.

"Eles vêm de Hamburgo, Hanôver, Bremen, Rostock, Düsseldorf", explica um vendedor.

O apelo dos médicos alemães para que não sejam lançados fogos-de-artifício por causa das unidades de cuidados intensivos estarem sobrelotadas não vai ser, infelizmente, ouvido por todos.