This content is not available in your region

Migrantes iraquianos regressam a Bagdade

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Migrantes iraquianos regressam a Bagdade
Direitos de autor  AP Photo/Mindaugas Kulbis, File

Migrantes iraquianos regressam a Bagdade com um cheque de mil euros. O maior grupo de migrantes que atravessou a fronteira entre a Lituânia e a Bielorrússia no auge da crise partiu de Vilnius para Bagdade. A todos eles foi prometido um pagamento único após o embarque. De acordo com o Ministério do Interior da Lituânia, 98 iraquianos regressaram voluntariamente à sua pátria.

O custo básico de manutenção de um migrante é de 11 mil euros. É obviamente muito mais rentável para nós oferecer uma quantia, comprar um bilhete ou organizar um voo e assim ter menos desafios e outros problemas.
Agnè Bilotaite
Ministra do Interior da Lituânia

Desde o início da crise migratória, Vilnius já expulsou mais de 500 migrantes que chegaram de território bielorrusso. Mais de 3 mil pessoas permanecem em centros de refugiados lituanos. A Polónia, Letónia, Lituânia, seguida pela UE, EUA e outros países acusam o governo de Alexander Lukashenko de utilizar migrantes ilegais para resolver problemas políticos. Minsk e Moscovo culpam a Europa pela crise e pelo destino dos refugiados.