Compromisso de potências contra uma guerra nuclear

Compromisso de potências contra uma guerra nuclear
Direitos de autor AP Photo/Ivan Sekretarev
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU avançam com declaração conjunta contra proliferação de armas nucleares

PUBLICIDADE

Os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU - China, Rússia, Reino Unido, França e Estados Unidos - adoptaram uma declaração conjunta para evitar uma guerra nuclear e prevenir contra a expansão do armamento atómico.

O documento foi publicado nas páginas web oficiais das presidências e governos das cinco potências, no mesmo dia em que foram retomadas, em Viena, as negociações multilaterais para tentar resgatar o acordo nuclear com o Irão.

Na declaração, as potências nucleares insistem na caráter exclusivamente defensivo dos seus arsenais, reafirmando a oposição à proliferação desse tipo de armas, frisando que "não pode haver vencedores numa guerra nuclear".

Cada um dos envolvidos garante, também, que serão mantidas e reforçadas as medidas nacionais para impedir o uso não autorizado ou não intencional de armas nucleares.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Benjamin Netanyahu apresenta plano de gestão de Gaza para um pós-guerra

Programa Alimentar Mundial suspende distribuição da ajuda alimentar no norte de Gaza

Estados Unidos vetam pela terceira vez cessar-fogo imediato em Gaza