O fascínio pela Aurora Boreal

O fascínio pela Aurora Boreal
Direitos de autor AP Photo
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na Rússia há quem se dedique a "caçar" as Luzes do Norte

PUBLICIDADE

A aurora boreal é um fenómeno que continua a fascinar a humanidade...

Estas luzes verdes, também conhecidas como Luzes do Norte, costumam povoar os céus das latitudes mais a norte do globo, desde que haja atividade solar suficiente, a noite esteja bastante escura e não haja nebulosidade.

A Rússia é um dos melhores sítios do mundo para assistir ao fenómeno. No país, são várias as pessoas que procuram os melhores locais para a observação. A fundadora da Associação de Caçadores das Luzes do Norte, Natalya Krapkina, conta que o interesse pelas auroras boreais surgiu em 2015 quando estava a conduzir por uma avenida da cidade russa de São Petersburgo. Ela conta que "devido às luzes da cidade, era impossível tirar boas fotografias."

Os associados monitorizam as condições para tentarem prever quando e onde terão as melhores exibições. Um aspeto central é o estudo do comportamento do sol.

A aurora boreal foi assim batizada pelo astrónomo italiano Galileu Galilei em honra da deusa romana do amanhecer, Aurora, e de Bóreas, o deus grego que representava o vento do norte.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mãe de Navalny já viu o corpo do filho e diz estar a ser pressionada para aceitar funeral "secreto"

Rússia proíbe atividade da Rádio Europa Livre/Rádio Liberdade

Avdiivka, cidade fantasma na região de Donetsk