EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Petrolífera australiana Woodside vai abandonar o Myanmar

Woodside
Woodside Direitos de autor Richard Wainwright/RICHARD WAINWRIGHT, AAP Image/Richard Wainwright NO ARCHIVING
Direitos de autor Richard Wainwright/RICHARD WAINWRIGHT, AAP Image/Richard Wainwright NO ARCHIVING
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Empresa fala de "falta de direitos humanos" como principal motivação

PUBLICIDADE

A gigante petrolífera Woodside anunciou que vai sair da Birmânia, depois de nove anos no país.

A decisão foi comunicada por um dos acionistas da empresa australiana que aponta como motivação principal a falta de direitos humanos no país.

A Woodside é mais uma das muitas empresas a abandonar a Birmânia desde o Golpe de Estado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Trinta pessoas alegadamente assassinadas em Myanmar

Quatro corpos recuperados no aluimento de terras em Myanmar

Tropas do governo terão bombardeado 160 casas no Myanmar