This content is not available in your region

NATO e Rússia intensificam mobilizações militares

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Militares ucranianos treinam civis em Kiev
Militares ucranianos treinam civis em Kiev   -   Direitos de autor  SERGEI SUPINSKY/AFP

Tornaram-se imagens comuns ver adolescentes e outros civis ucranianos a prepararem-se para a guerra. Os militares ensinam como segurar corretamente numa arma, como patrulhar uma zona, como fornecer assistência médica urgente. Os treinos decorrem diariamente nas grandes cidades da Ucrânia.

A cerca de 100 quilómetros da fronteira russa, na Estónia, realizam-se verdadeiros exercícios militares sob os auspícios da NATO. Mais de mil soldados britânicos, franceses e estónios simulam as condições de um conflito armado.

À Polónia já chegaram as últimas tropas americanas mobilizadas por Joe Biden. A liderá-las está o Major-General Christopher Donahue, conhecido por ser o último militar americano a deixar o Afeganistão, em agosto do ano passado. Os Estados Unidos continuam a reforçar os contingentes também na Roménia e Alemanha.

Do lado russo, o Ministério da Defesa divulgou imagens de tropas a conduzir exercícios aéreos na região em torno de São Petersburgo, entre as fronteiras da Finlândia e da Estónia, depois de movimentar dois bombardeiros nucleares.