This content is not available in your region

Ministério público investiga abate de cabras montesas em Portugal

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Cabras montesas no Gerês são procuradas por suas cabeças para venda em mercado negro, apesar de serem espécie protegida.
Cabras montesas no Gerês são procuradas por suas cabeças para venda em mercado negro, apesar de serem espécie protegida.   -   Direitos de autor  Extrato retirado da RTP

O Ministério Público português está a investigar o abate e a decapitação de dois machos de cabra montesa, no Parque Nacional da Peneda Gerês.

A espécie é protegida em Portugal, mas em Espanha a caça é permitida. As montadas, revela fonte da comunidade "O Gerês" à RTP, podem ascender a mais de vinte mil euros.

"Em Espanha está bem organizado, é tipo um troféu de ouro e então é escolhido o macho, não pela associação de caça, mas pelos parques onde eles existem e onde podem ser caçados. Vários ibex ibéricos desta espécie, que podem ser caçados nas várias reservas, vão desde os 18500 euros, até aos 25 mil euros, como pagamento de um dia de licença para poder caçar estes animais. Isto é como caça um leão em África".

O grupo local conta ainda que o primeiro abate ocorreu a 13 de novembro de 2021 e o segundo a 23 de janeiro deste ano.

Ambos os espécimes foram decapitados. No mercado negro, cada cabeça, vendida como troféu, pode render entre cinco mil euros em Portugal e oito mil euros em Espanha.