This content is not available in your region

Tensão Rússia-Ucrânia: NATO diz que a paz na Europa "foi destruída"

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Tensão Rússia-Ucrânia: NATO diz que a paz na Europa "foi destruída"
Direitos de autor  Virginia Mayo/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved

Da NATO, chegou uma mensagem de condenação da ofensiva russa contra a Ucrânia. O secretário-geral da Aliança Atlântica diz que "a paz no continente europeu foi destruída.

Jens Stoltenberg fala numa "invasão deliberada, a sangue frio e planeada durante muito tempo pela Rússia", para tentar reescrever a história.

"Infelizmente, aconteceu aquilo que temos vindo alertar há meses, apesar de todos os apelos à Rússia para mudar de rumo e dos esforços incansáveis para encontrar uma solução diplomática. A paz no nosso continente foi destruída", sublinhou, em conferência de imprensa, o secretário-geral da NATO.

Jens Stoltenberg anunciou, para esta sexta-feira, uma cimeira de líderes da NATO, por videoconferência, para discutir os próximos passos, depois de países como a Estónia, Letónia, Lituânia e Polónia pedirem consultas.

"Que não restem dúvidas: defenderemos e protegeremos cada aliado contra qualquer ataque e cada centímetro do território da NATO. É por isso que aumentámos a nossa presença na parte leste da Aliança Atlântica com milhares de tropas, navios e aviões nas últimas semanas", acrescentou Stoltenberg.

Em comunicado, os embaixadores da NATO disseram que a prontidão das forças aliadas foi aumentada para responder a todas as contingências.

No entanto, a Alianca Atlântica não tem planos de enviar tropas para a Ucrânia, garantiu Stoltenberg, dizendo que as medidas são puramente defensivas.