Roman Abramovich coloca Chelsea à venda

Roman Abramovich coloca Chelsea à venda
Direitos de autor Martin Meissner/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O russo irá doar os lucros às vítimas da guerra na Ucrânia.

PUBLICIDADE

Perante a ameaça de sanções por parte do Reino Unido, o bilionário Roman Abramovich anunciou, em comunicado, a sua intenção de vender o Chelsea, uma decisão que afirmou ter sido incrivelmente difícil.

O russo declarou que não exigirá o reembolso dos empréstimos no valor de 1.5 mil milhões de libras esterlinas que fez ao clube e irá também doar os lucros da venda às vítimas da guerra na Ucrânia.

A decisão surge na sequência de pressões sobre o governo do Reino Unido para impor sanções ao proprietário do Chelsea, devido às suas alegadas relações com o presidente Vladimir Putin, bem como a outros oligarcas russos.

Roman Abramovich adquiriu o Chelsea em 2003 por 140 milhões de libras esterlinas e afirma que a sua relação com o clube não tem a ver com negócios ou dinheiro mas sim com uma pura paixão pelo jogo e pelo clube.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Autoridades britânicas ainda não renovaram visto de Abramovich

Aliados prometem 60 mil milhões de euros para a reconstrução da Ucrânia

Reino Unido vai fornecer mísseis de longo alcance à Ucrânia