This content is not available in your region

Ataque aéreo na cidade ucraniana de Lviv

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Ataque aéreo na cidade ucraniana de Lviv
Direitos de autor  AFP

A cidade ucraniana de Lviv foi abalada por um ataque aéreo russo. Lviv, no oeste da Ucrânia, tinha sido relativamente poupada até agora, mas na tarde de sábado, o som das sirenes guiou os habitantes para abrigos, quando mísseis russos atingiram um armazém de combustível - cinco pessoas ficaram feridas neste ataque. Ergueram-se espessas colunas de fumo que foram arrastadas pelo vento e se avistavam do centro da cidade deixando os residentes em sobressalto.

No entanto, segundo as autoridades da cidade, foi possível controlar a situação. O presidente do país Volodymyr Zelenskyy, marcou presença numa cerimónia de reconhecimento de elementos da Guarda Nacional Ucraniana que, nas suas palavras demonstraram "coragem e dedicação" na luta contra a invasão russa e, mais uma vez, pediu ajuda aos países ocidentais.

Os ataques russos não dão tréguas. Um novo bombardeamento atingiu a cidade de Boayarka, nos arredores de Kiev - cinco pessoas ficaram feridas, incluindo uma criança. Moscovo também continua a atacar alvos militares. O Ministério da Defesa russo divulgou imagens da destruição, após um ataque a um posto de comando do exército ucraniano, perto da capital do país.

A cidade de Slavutych, entre Kiev e Chernobyl, também acabou em mãos russas apesar da resistência da população local. Vivem, aproximadamente, 25 mil pessoas nesta cidade.