This content is not available in your region

Roman Abramovich teve sintomas de envenenamento

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com EFE
euronews_icons_loading
Roman Abramovich teve sintomas de envenenamento
Direitos de autor  Matt Dunham/Copyright 2018 The Associated Press. All rights reserved.

O oligarca russo Roman Abramovich e dois negociadores ucranianos sofreram sintomas de um possível “envenenamento”.

Segundo a notícia avançada pelo Wall Street Journal, depois de uma reunião na capital ucraniana, o proprietário do Chelsea e pelo menos dois membros da equipa de negociadores ucranianos apresentaram sintomas suspeitos.

Os sintomas, que apareceram nos três casos, foram olhos vermelhos, constantes e irritantes lágrimas e descamação da pele das mãos e do rosto. O jornal atribui o possível ataque a "elementos radicais em Moscovo" que tentaram boicotar estas negociações. Apesar dos sintomas, nenhum dos envolvidos corre risco de vida. 

Abramovich viajou entre Lviv, Moscovo e outras capitais nos seus esforços de mediação entre os governos russos e ucraniano, e embora se tenha encontrado com Volodimir Zelensky, o presidente ucraniano não foi afetado, confirmou o seu porta-voz ao jornal.

As “fontes próximas" citadas pelo Wall Street Journal revelaram que é difícil determinar se o possível envenenamento foi causado por um agente químico ou biológico, ou por radiação eletromagnética.