This content is not available in your region

Televisão russa revela imagens de soldados da Azovstal nas enfermarias

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
AP
AP   -   Direitos de autor  AP/Associated Press.

A televisão russa partilhou imagens das enfermarias onde estão os soldados que saíram da fábrica Azvostal. Desnutridos e com ferimentos, estão a ser tratados por militares pró-russos, com vigilância 24 horas.  

Esperam saber o futuro, ainda incerto. A Rússia quer trocar os militares ucranianos que se renderam na Fábrica Azovstal, em Mariupol, por prisioneiros que estão em território ucraniano.

Mariupol está agora a ser controlada na totalidade pela Rússia. No resto da região leste, as tropas separatistas continuam a avançar, conquistando metro a metro de terreno ucraniano. 

A 50 quilómetros de Zaporizhzhia, o exército de Putin destruiu mais uma estrutura civil. Um armazém de cereais. A exportação de trigo ou sementes de girassol é uma grande fatia da economia ucraniana. Os edifícios que armazenam cereais espalhados pelo país estão entre os sítios mais atacadas pelos russos.

Em Kharkiv, a estação de aquecimento que fornece água a um hospital e a uma área residencial ficou destruída depois de um ataque das tropas russas. Não foram registadas vítimas.

Metro vai reabrir em Kharkiv

O cerco apertou na cidade, nas últimas semanas, mas o exército ucraniano está a conseguir manter Kharkiv. As tropas de Putin recuaram.

Depois de três meses encerrado, o metro, que serviu de abrigo para centenas de pessoas, vai reabrir portas, na próxima semana. É uma tentativa de regresso à vida normal, a vida antes da guerra.