Jorge Fonseca conquista prata e mulheres brilham no Grand Slam de Ulan Bator

Jorge Fonseca e Matvey Kanikovskiy na final de -100kg.
Jorge Fonseca e Matvey Kanikovskiy na final de -100kg. Direitos de autor IJF/Di Feliciantonio Emanuele
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Grand Slam é a primeira prova de qualificação olímpica para Paris 2024.

PUBLICIDADE

Última jornada do Grand Slam de Judo de Ulan Bator, dia da competição dos pesos pesados em que as mulheres em prova se mostraram à altura do desafio.

Uma delas foi a nipónica campeã mundial de 2015, Mami Umeki. A competir em -78 kg, na final a judoca defrontou e venceu Inbar Lanir, de Israel, com um poderoso uchi-mata, num combate em que a experiência prevaleceu. Esta foi a nona medalha de ouro de Mami Umeki numa prova do circuito mundial da Federação Internacional de Judo (FIJ).

A judoca foi premiada pelo Membro do Parlamento da Mongólia, Damdin Tsogtbaatar.

A minha adversária na final está em boa forma. Decidi concentrar-me no controlo e no arremesso para poder vencê-la.
Mami Umeki

Em +78 kg, as esperanças da equipa da casa recaíram sobre Adiyasuren Amarksaikhan, cuja consistência lhe valeu um lugar na final frente à dinâmica Raz Hershko, de Israel. Hershko apostou em técnicas de projeção e alcançou a vitória sobre a judoca mongol no tapete.

As medalhas foram apresentadas pelo membro do parlamento da Mongólia, Badmaanyambuu Bat-Erdene.

Em qualquer competição com forte apoio do público na assistência, há mais adrenalina e mais diversão, o que nos dá força para lutar e é divertido.
Raz Hershko

A sul-coreana Hayun Kim foi a vencedora do bronze na mesma categoria, tendo marcado um ippon fenomenal que ficará para a história. Depois de vencer o Grande Prémio de Portugal no início deste ano, e de conquistar a medalha de bronze em Paris, a judoca é certamente um nome a não esquecer.

Em +100kg, Inal Tasoev prevaleceu sobre o neerlandês Roy Meyer.

Mikhail Igolnikov sagrou-se campeão em -90kg prevalecendo sobre o uzbeque Davlat Bobonov.

A seleção portuguesa

O português bicampeão mundial Jorge Fonseca conquistou a medalha de prata em -100 kg, ao perder por waza-ari frente a Matvey Kanikovskiy. Esta foi a primeira competição do judoca após ter sido afastado no primeiro combate dos Europeus de Sófia, em maio.

Em -90kg, Anri Egutidze foi afastado no combate da segunda ronda pelo neerlandês Noel Van T End, que viria a conquistar bronze.

No sábado, o judoca português João Fernando foi eliminado na primeira ronda dos -81kg, frente a Vladimir Zoloev, do Quirguistão.

Na sexta-feira a judoca Joana Diogo, a competir em -52 kg, foi a portuguesa mais bem classificada do dia, tendo alcançado o quinto lugar. Rodrigo Lopes acabou em sétimo e Francisco Mendes foi derrotado na estreia, ambos em -60 kg.

O Grand Slam de Ulan Bator, primeira prova de qualificação olímpica para Paris 2024, chegou ao fim em clima de festa e com a promessa do regresso no próximo ano.

A próxima prova do circuito mundial de judo terá lugar de 8 a 10 de julho, em Budapeste.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

GP de Zagreb: ouro para Barbara Matić e bronze para João Fernando

Japão "limpa" medalhas no segundo dia do Grand Slam de Ulan Bator

Jorge Fonseca e Teddy Riner conseguem ouro no Grand Slam de Antália